Tem medo mas não tem vergonha

TEM MEDO MAS NÃO TEM VERGONHA
Gênesis 20
Deus é Justo – Salmo 116:5


INTRODUÇÃO
: Dizer que uma pessoa “tem medo mas não tem vergonha” é uma forma severa de repreensão, que Abraão, neste horroroso episódio da sua vida, certamente mereceria ouvir.
O medo e a falta de vergonha na cara podem trazer TERRÍVEIS CONSEQUÊNCIAS às pessoas, especialmente para aqueles que servem a Deus.


a) PÕE EM RISCO A SALVAÇÃO DO PRÓXIMO – vs 1-7 e 18

Abraão contou uma “meia-verdade” (vs 12), mas ocultou que Sara era sua esposa, induzindo Abimeleque ao erro. Se não fosse pela intervenção divina, mesmo inocente na história, Abimeleque seria julgado e punido com morte pelo crime de adultério, especialmente por tomar a mulher de um homem hospedado em sua casa, coisa inadmissível naquela época e cultura.

A prosperidade e a salvação de alguém sempre estarão em risco quando um servo de Deus faz besteiras.


b) SOFRE REPREENSÃO PÚBLICA – vs 8-10

Abimeleque chamou todos os seus servos e lhes contou o sonho. Depois chamou Abraão e o repreendeu duramente perante todos. Que vergonha, Abraão!

Que ninguém pense que seus pecados serão ocultados. A Bíblia diz que tudo será revelado (Lc 12.2).

c) VERGONHOSAMENTE, TENTA CULPAR OS OUTROS – vs 11

Abraão já tinha usado deste mesmo artifício vergonhoso (da meia-verdade) em Gn 12 e, igualmente, já tinha sido envergonhado publicamente, mas, parece que não aprendeu nada com seus erros e, agora, tenta culpar Abimeleque.

Uma das “saídas” mais vulgares que existe é alguém tentar culpar os outros por seus erros. Homens e mulheres de Deus devem assumir suas culpas, se arrepender e buscar o perdão divino.


d) É CONSTRANGIDO POR DEUS – vs 7 e 17

Deus ordena que Abraão ore por Abimeleque. Você consegue imaginar o constrangimento que Abraão passou, ter que orar publicamente por alguém logo depois de ter sido repreendido e envergonhado por esta pessoa? Não seria estranho a sua oração começar assim: “Ó, Deus, perdoa os nossos pecados, miseráveis que somos…” (kkk).

Deus nos obriga à autoconfrontação. Ele não chama pessoas perfeitas (por que isso nem existe), mas busca constantemente o aperfeiçoamento dos chamados.

PONTO-CRUZ   (use este PC aqui)   – O que é isso? 
Foi a justiça de Deus que o levou a oferecer Seu próprio Filho para morrer em nosso lugar, para nos justificar: “O qual por nossos pecados foi entregue, e ressuscitou para nossa justificação” – Romanos 4:25 

CONCLUSÃO

O medo e a falta de vergonha na cara causam terríveis consequências, especialmente aos servos de Deus. Exatamente como aconteceu com Abraão, isso pode por em risco a salvação do próximo, ser envergonhado publicamente, tentar inutilmente “transferir” culpa e  ser constrangido por Deus. 

A Palavra diz “Não temas” e “Sede santos como Eu sou Santo”.

 

Título: Tem medo, mas não tem vergonha
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor
Data: 16/07/2020

Veja também nossos Artigos

tem medo mas não tem vergonha

Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor.
Discórdia, que eu leve a união.
Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erros, que eu leve a verdade.

Assim como, onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Desespero, que eu leve a esperança.
Tristeza, que eu leve a alegria.
Trevas, que eu leve a luz.

Ainda mais, ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar,
que ser consolado.
Antes de tudo, compreender.
Do mesmo modo, amar, que ser amado.
Pois é no dar que se recebe.
Bem como, é no perdoar, que se é perdoado.

Antes de tudo, compreender.
Do mesmo modo, ser amado.

3 Comentários em “Tem medo mas não tem vergonha”

  1. Sidney Ribeiro Balut

    Apenas dois exemplos desses pecados:
    Alguém bate à porta da casa e a mãe fala:”filha,vá lá e fale que eu não estou”.Futuramente a filha vai imitar a mãe no pecado da mentira.
    O pai arranja uma amante e futuramente o filho homem vai acabar imitando-o e dizendo:’meu pai fazia,eu também vou fazer!’.

  2. Sidney Ribeiro Balut

    Muito apropriado este esboço pois o pecado da mentira e do adultério já grassa até nos meios pastorais.Conheço vários casos de ambos os pecados nos meios pastorais.Pastor fazer campanha financeira durante semanas e ,logo depois,passar a mão no dinheiro e fugir com uma das mocinhas da igreja,deixando aluguel e contas para trás,sem pagamento,é um desses pecados que a gente descobre ou vem à tona para toda a sociedade,evangélica e secular,se escandalizar.
    Os erros dos líderes fazem toda uma congregação a desanimar e fraquejar.
    Pais e mães de família que também falham,levam os familiares a também não oporem resistência a esses pecados quando seduzidos.
    Quem exerce posição de destaque serve de ensinador para o próximo e deve saber que o julgamento divino é de acordo com a revelação que alguém recebe:”Não vos torneis,muito de vós,mestres,sabendo que havemos de receber maior juízo.Porque todos tropeçamos em muitas cousas”(Tg 3.1-2a).Ainda bem que Deus é misericordioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.