O verdadeiro encontro com Deus

O VERDADEIRO ENCONTRO COM DEUS
Gênesis 18
Deus é poderoso – Sl 136:12 

Introdução: Temos neste capítulo bíblico o relato de um genuíno encontro com Deus, muito diferente de certos encontros religiosos que acontecem por aí, chamados de “Encontro com Deus”, em que pouca ou nenhuma mudança real e duradoura se vê na maioria dos seus participantes; o verdadeiro encontro com Deus pode ser comprovado pelas  EVIDÊNCIAS inequívocas que ficam na vida e na alma da pessoa. 


a) TIRA A PESSOA DA SUA ZONA DE CONFORTO – vs 1 a 8

Quando os três homens apareceram encontraram o idoso Abraão descansando na porta de sua tenda “no maior calor do dia”. Imediatamente Abraão se levantou e saiu da sua zona de conforto (preparou água para eles beberem e para lavar os pés, acionou Sara para fazer pão e um dos seus servos para abater um novilho, limpar e preparar a comida para eles). Esta é uma das maiores evidências de um verdadeiro encontro com Deus, a pessoa sai da sua zona de conforto e se torna um diligente servo de Deus.

PONTO-CRUZ   (use este PC aqui)   – O que é isso? 
Estávamos espiritualmente mortos em nossos delitos e pecados (Ef 2:1), mas, por seu poder, Deus ressuscitou Jesus e também nos ressuscitará (I Co 6:14).

b) TORNA A PESSOA PARCEIRA DOS PROJETOS DE DEUS – vs 9 a 21

Aqueles homens fizeram várias revelações para Abraão (que o tempo de Deus havia chegado para o casal, que no prazo de 1 ano eles estariam com o filho da promessa em seu colo, contou-lhe que Sara riu deles quando ouviu isso e, depois, que ela mentiu que tinha rido, e que as cidades Sodoma e Gomorra seriam destruídas). De acordo com o texto, o motivo para tantas revelações é este: “Ocultarei a Abraão o que estou para fazer, visto que Abraão certamente virá a ser uma grande e poderosa nação, e nele serão benditas todas as nações da terra?”. Em outras palavras, Abraão se tornou parceiro dos projetos de Deus, por isso ele pode saber os Seus planos.

c) E, TAMBÉM, UMA INTERCESSORA FERVOROSA  – vs 22 a 33

Quando soube dos planos de Deus de destruir 2 cidades, além da preocupação com seu sobrinho Ló, que ainda morava lá, Abraão clamou pela vida das pessoas. E clamou fervorosamente. Infelizmente a sua intercessão não pode ser atendida por Deus, devido à grande degradação moral daquela gente, mas isso não nega o fato da intercessão.


CONCLUSÃO
O verdadeiro encontro com Deus nos tira da zona de conforto, nos torna parceiros dos projetos de Deus e nos leva a ser fervorosos intercessores. 

Título: O verdadeiro encontro com Deus
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor (www.sitedopastor.com.br)
Data: 26/06/2020

Veja também nossos Artigos

o verdadeiro encontro com Deus
Deixe seus comentários logo abaixo.

Antes de mais nada, Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz.
Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor.
Discórdia, que eu leve a união.
Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erros, que eu leve a verdade.

Assim como, onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Desespero, que eu leve a esperança.
Tristeza, que eu leve a alegria.
Trevas, que eu leve a luz.

Ainda mais, ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar,
que ser consolado.
Antes de tudo, compreender, que ser compreendido.
Do mesmo modo, amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
Bem como, é perdoando, que se é perdoado.
Mas é morrendo que se vive para a vida eterna.

Ainda mais, ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar,
que ser consolado.
Antes de tudo, compreender, que ser compreendido.
Do mesmo modo, amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
Bem como, é perdoando, que se é perdoado.
Mas é morrendo que se vive para a vida eterna.

2 Comentários em “O verdadeiro encontro com Deus”

  1. Site do Pastor Post author

    comentário muito apropriado… que o bom Deus continue te abençoando, meu irmão

  2. Sidney Ribeiro Balut

    Todo cristão ou é um missionário ou é um impostor,disse Charles Spurgeon.Este semão é muito adequado para diversas situações em que o povo de Deus negligencia o seu dever,inclusive quando prefere divertir-se sentado confortavelmente em suas igrejas assistindo corais belíssimos,encenações teatrais emotivas,coreografias de encantar os olhos com belas moças,liturgias mui agradáveis,ar condicionado,jogo de luzes coloridas no teto,almoços e jantares de gala em datas diversas,etc.Igreja não é clube de entretenimento!Essas coisas acontecem geralmente para substituir a pregação da Palavra que está fraca ,sem fogo e sem unção!
    Encontro com Deus produz mudança,produz ação!A pessoa começa a trabalhar na obra de Deus a começar consigo mesmo,em sua casa,em sua igreja,no seu trabalho e fora das quatro paredes da igreja.
    “A fé,se não tiver obras,ppor si só está morta”(Tg 2.17).Deus seja louvado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.