O NÃO de Deus é Proteção


O NÃO DE DEUS É PROTEÇÃO

Êxodo 20


“O NÃO DE DEUS É PROTEÇÃO” é um bom título para este esboço de sermão em razão de que muitas pessoas têm dificuldade em aceitar e obedecer os mandamentos divinos por que não entendem a sua verdadeira natureza.


Pano de Fundo Histórico
: Os mandamentos foram dados por Deus para o povo de Israel a fim de os proteger dos muitos PERIGOS em sua caminhada à Terra Prometida.


PRÉVIA
(alguns dos PERIGOS pelo caminho são …)
  • Idolatria.
  • Desrespeito a Deus.
  • Desrespeito a si mesmo, à família e ao próximo.

1º PERIGO: IDOLATRIA (
Ex 20.3-6, 23)

Primeiramente, convém lembrar que do ponto de vista da psicologia, a idolatria é o vínculo da admiração e tem origem a partir do momento em que o fã/fanático começa a ver em algo ou alguém a representação de qualidades, poder e autoconfiança que ele quer ter para si.

Esse ponto de vista combina muito bem com o Salmo 115.4-8, que afirma que os idólatras acabam se tornando iguais aos seus ídolos, completamente alienados: “Os ídolos deles, de prata e ouro, são feitos por mãos humanas. Têm boca, mas não podem falar; olhos, mas não podem ver; têm ouvidos, mas não podem ouvir; nariz, mas não podem sentir cheiro; têm mãos, mas nada podem apalpar; pés, mas não podem andar; e não emitem som algum com a garganta. Tornem-se como eles aqueles que os fazem e todos os que neles confiam. (Salmos 115.4-8)

O NÃO de Deus à idolatria é proteção à alienação social, emocional, política e/ou espiritual. Quem não consegue enxergar defeito e/ou corrupção em seus “ídolos” (ou enxerga, mas “passa o pano”) ou não consegue enxergar nenhuma qualidade nos seus opositores (ou enxerga, mas as menospreza), já está completamente alienado.

Além das imagens de escultura dos idólatras tradicionais, as maiores idolatrias da atualidade são os artistas, os times e jogadores de futebol, a ganância de dinheiro e poder, a admiração cega de si mesmo e de seus líderes religiosos e políticos.


Cuidado, meus irmãos, a Bíblia diz que O MUNDO JAZ NO MALIGNO. O mundo todo! Não só a esquerda ou a direita do mundo, mas ele todo. Há maldade e corrupção em todos os desejos, lugares, processos, instituições, partidos e pessoas, inclusive em você… e em mim.

Então considere o que está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.  (Rm  3.10-12)

Para isso fomos chamados por Deus, para proclamar as Suas maravilhas e para reconciliar pessoas com Cristo, não para defender ídolos.


2º PERIGO: DESRESPEITO A DEUS (
Ex 20.7)

“Não use o meu nome sem o respeito que ele merece; pois eu sou o SENHOR, o Deus de vocês, e castigo aqueles que desrespeitam o meu nome”.

De acordo com o que vejo nas Escrituras, Deus merece todo o nosso respeito, o que me faz ser contra usar o Seu nome em vão e, também, ser absolutamente contra músicas, pregações e orações que se dirigem a Deus como “você”. Isso não é intimidade com Deus, isso é fingimento, desrespeito, atrevimento, exibicionismo. Se não fazemos isso com autoridades humanas, por que o faríamos com Deus?

Antes que você se revolte contra a minha opinião, deixe-me lembrar que, biblicamente falando, a verdadeira intimidade com Deus é a intimidade com Sua Palavra. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele”. (João 14:21)

Somente quem não tem intimidade com a Palavra de Deus é que fica inventando falsa intimidade.


3º PERIGO: DESRESPEITO A SI MESMO, À FAMÍLIA E AO PRÓXIMO (Ex 20.7)



Respeite a si mesmo, corpo, alma e mente

Não trabalhe demais, a cada seis dias, descanse pelo menos um (vs 8-11). Mas, lembre-se, primeiro Deus criou o homem, depois lhe deu o “sábado” para descansar. O sábado foi criado para o homem, não o contrário.

No original bíblico, sábado significa “descanso” ou “cessação”. Não se torne um escravo do calendário, pensando que sábado é somente aquele dia entre sexta-feira e domingo. Se alguém te incomodar com estas ideias tolas sobre o sábado, mostre-lhe estes versículos bíblicos:

  • No ano sabático, todos os dias da semana são sábado (descanso): Lv 25.3-4
  • Todo dia 10 de Julho é sábado (perpetuamente), não importa em que dia da semana ele cai: Lv 16.29-31, Lv 23.26-32.

Sábado é descanso, não calendário. Se o seu trabalho vai de segunda-feira a sexta, descanse no sábado. Se vai de segunda-feira a sábado, descanse no domingo. A cada 6 dias, descanse pelo menos 1, este é o espírito deste mandamente: Respeite as limitações do seu corpo.

Não importa o dia da semana que alguém tira para descansar (“sabadar”), desde que o faça para o Senhor: “Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz e o que não faz caso do dia para o Senhor o não faz”. (Rm 14.5-6)


Respeite a sua família

“Respeite o seu pai e a sua mãe, para que você viva muito tempo na terra que estou lhe dando” (Ex 20.12). É o primeiro mandamento com promessa. Lembrando que respeitar pai e mãe não é apenas pedir sua bênção. É, especialmente, ampará-los com dignidade na sua velhice.

Quem não cuida da sua família é pior que um bandido. (I Tm 5.8).


Respeite o próximo

  • Não tenha ódio, não mate, nem elimine nem exclua o seu próximo (Ex 20.13, 1 João 3.15).
  • Respeite a família do próximo (Ex 20.14, 17).
  • Não roube o próximo (Ex 20.15).
  • Não negue justiça ao seu próximo (Ex 20.16)


Ser cristão é fazer para o próximo aquilo que desejamos que façam para nós (Lucas 6.31).

 

CONCLUSÃO

O Não de Deus é proteção. Os seus mandamentos são proteção à idolatria, ao desrespeito a Deus, ao próprio corpo, à família e ao próximo.

Então, e quanto a você, tem alguma dificuldade em obedecer aos mandamentos de Deus? Ou já entendeu que eles são para a sua proteção?

 

Título: O Não de Deus é proteção
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor
Data: 02/08/2021

Deixe seu comentário logo abaixo.


Veja também nossos demais esboços: Esboços

O Não de Deus é proteção

 

 

1 Comentário em “O NÃO de Deus é Proteção”

  1. Sidney Ribeiro Balut

    Deus nos dizer ‘não’, faz parte da educação espiritual que Ele nos confere nesta vida. Nós fazemos isso com nossos filhos. Um exemplo: quando nosso filho come chocolate em demasia e aí dizemos ‘não’ para a próxima barra de chocolate porque sabemos que poderá fazer mal à criança causando-lhe indigestão ou até intoxicação. A nível material e espiritual, o Senhor poderá fazer algo semelhante conosco pois a Bíblia O descreve como um Pai amoroso e cuidadoso para conosco.

    IDOLATRIA: Idolatria é uma afeição, um afeto, um amor a um ídolo que pode ser qualquer coisa que colocamos acima de Deus. Não precisa ser necessariamente um objeto físico. Pode até ser pensamentos e desejos.

    “Fazei morrer … a avareza que é idolatria”(Cl 3.5). Talvez a avareza seja uma das piores idolatrias porque gera muitos outros males no ser humano. A idolatria reduz Deus do que Ele realmente é. Ao nos proibir a idolatria, o Senhor está nos protegendo.

    A idolatria é uma condição espiritual pecaminosa que leva à adoração de qualquer coisa no lugar do Criador. E isso é uma rejeição a Deus e a muitos tipos de pecado pois reduz a moral do ser humano. Então os instintos carnais mais baixos são despertados no ser humano.

    DESRESPEITO A DEUS: Por que Deus merece muito do nosso respeito, temor e reverência? Porque Ele é único! “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR”(Dt 6.4).

    DESRESPEITO A SI MESMO, À FAMÍLIA E AO PRÓXIMO: Quando nós não colocamos Deus no Seu devido lugar, nós desrespeitamos tudo, a nós mesmos, nossas famílias e o nosso próximo.

    Se a imagem de Deus estiver em nós, na nossa mente, e nós tememos a Deus, não faremos nada para destruir nosso corpo nem nossa vida espiritual com Ele. E muito menos prejudicar nossa família e nosso próximo.

    Com relação à família, nenhum trabalho é tão importante que justifique ignorar as necessidades da família pois essa responsabilidade sobre a família vem em primeiro lugar e depois outras coisas como as necessidades da comunidade religiosa.

    Quanto ao próximo, citando o AT. Rm 13.9 nos ordena: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Isso implica que primeiro tem de haver um amor próprio legítimo. E a qualidade desse amor próprio deve ser estendida ao nosso próximo. Quão falhos nós somos em obedecer a Deus! Por isso não há lugar para orgulho e soberba em um crente pois não cuidamos do próximo como cuidamos de nós mesmos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.