Meu presente para Jesus

MEU PRESENTE PARA JESUS
Prov. 23:26


Meu presente para Jesus
é o título deste sermão muito apropriado para esta época do ano, quando mais uma vez está chegando a festa de Natal.

O Natal, como de costume, tem sido uma ocasião para se dar presentes uns aos outros. Entretanto, se o Natal é de Jesus, Ele é quem deveria receber presentes.

Geralmente ao visitarmos uma criança recém nascida levamos um presente. Isto é muito bom. Quando Jesus nasceu recebeu presente. Mateus conta que, encontrando o menino na manjedoura, “abriram seus cofres e ofereceram-lhes presentes: ouro, incenso e mirra (Mateus 2,1-12).

Você já pensou o que dará para Jesus neste Natal? Você conhece Jesus, nascido em Belém, para dar o seu presente? O que será que Jesus gostaria de receber de nós?

A resposta está no texto-base desta mensagem, Provérbios 23:26: “Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos.”

Queridos, não há essa dificuldade para dar o presente para Jesus, porque Ele já especificou o que Ele quer receber, e o que Ele pede está ao alcance de todos.

Vamos pensar sobre este presente para Jesus. Vejamos:

I – A ORIGEM DO PEDIDO

Esse pedido procede de Deus. Notem as palavras: “Dá-Me, filho Meu”. Ora, se eu sou o Seu filho, Ele é o meu Pai, evidentemente. O nosso relacionamento para com Deus é de Pai para filhos.

Cristo mesmo nos ensinou a orar a Deus, dirigindo-nos a Ele como um Pai: “Pai nosso, que estás nos céus” (Mt 6:9). Graças a Deus, podemos nos aproximar dEle, chamando-O de Pai. E Ele compreende tudo quanto isso implica. O pai conhece o filho, e Deus conhece muito bem os Seus filhos. A Bíblia nos diz que Ele conhece a nossa estrutura e sabe que somos pó. (Sal. 103:14). E uma vez que Ele conhece a nossa estrutura, sabe de nossas fragilidades, está ciente de nossas limitações.

Ele conhece todos os nossos pecados ocultos, sabe de todas as nossas más inclinações. Conhece todas as nossas boas intenções também. Mas é admirável que, conhecendo-nos assim, Ele não nos trata como mereceríamos. Diz a Bíblia que Deus não nos trata segundo os nossos pecados, e nem nos retribui consoante as nossas iniquidades. (Salmo 103:10).

A Palavra de Deus em João 3:16 mais uma vez reforça que partiu da vontade de Deus a salvação do homem. 

Deus é um Pai de amor e misericórdia, e nos faz este pedido de presente, como haveríamos de negar o Seu pedido? Não temos outra alternativa, em vista do Seu maravilhoso amor, senão de atender o Seu pedido. O que você fará quanto a este pedido do Senhor?


II – O PEDIDO DO PAI: O CORAÇÃO

O que é o coração?

1)Para a Ciência: é uma víscera, um órgão. Para a Fisiologia: é um músculo. A Medicina vê no coração uma bomba que distribui o sangue para todo o organismo.

2) Descrição Bíblica: Mas no sentido bíblico (e esse é agora o sentido universal), no sentido figurado: O coração é a fonte dos nossos pensamentos, dos sentimentos. É a sede da vontade, a origem de nossas afeições. Portanto, o coração no sentido bíblico é a mente. Deus pede a nossa mente, a fonte dos pensamentos, a origem de nossa vontade. Quando Deus pede o coração, Ele quer dizer a mente completa, a nossa vontade, o nosso eu individual.

3) O que Deus pede? Deus pede apenas o coração. Coração é algo que todos têm: Ricos e pobres, sábios ou iletrados, fracos ou fortes – todos têm um coração para dar. É um pedido que todos podem dar: Deus não pede o que nos é impossível. Ele conhece as nossas limitações, e só pede o que está ao nosso alcance. Entretanto, Deus pede, mas não exige. Ele não força a nossa vontade.

Sugestão de ilustração: Você pode usar um coração inflável para ilustrar ou cartolina. É provável que marcará para muitas pessoas ao verem isso.

Apelo: Pense que tipo de coração você vai dar para Jesus de presente. O seu ou este? (Mostrar o de ilustração)


III – POR QUE DEUS PEDE O CORAÇÃO?

Por que Ele quer um coração enfermo, maligno, pecaminoso, triste? Por que Deus pede esse coração rebelde, em guerra, esse coração turbado, enganoso?

Temos a Sua resposta em Ezequiel 36:26-27: E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.

Não poderia haver coisa mais sublime, mais elevada e nobre. Você já viu coisa igual? Alguém já lhe disse: “Dá-me a sua casa velha, porque eu quero lhe dar uma casa nova!”, “Dá-me o seu carro velho, porque eu vou lhe dar um carro novinho em folha!”, “Dá-me esse seu sapato imprestável, eu lhe darei um sapato novo!”.

Deus hoje nos diz: “Dá-Me, filho Meu, o teu coração”, para que Eu possa trocá-lo por um novo coração.
Dá-Me o seu coração cansado; Dá-Me o seu coração triste, abatido, esse coração poluído pelo pecado, esse coração fraco e tremente, que Eu lhe darei um novo coração.


Apelo: Se você ainda não entregou o seu coração a Jesus, entregue-o agora. Dê de presente para Jesus.


CONCLUSÃO

Os magos deram: ouro, incenso e mirra. E você, já pensou o que dará para Jesus neste Natal? Deus pede: “Dá-Me, filho Meu, o teu coração”. E ai qual será a sua resposta.?

Meus queridos: Esse pedido procede de Deus: O CORAÇÃO.

POR QUE DEUS PEDE O CORAÇÃO? Porque ele te ama e quer te dar nova vida, um novo coração.

Você gostaria de entregar hoje o seu coração a Deus? Você gostaria que Jesus Cristo entrasse na sua vida, realizando uma transformação completa, trocando o seu velho coração por um novo? Como você responderá ao pedido de Deus: “Dá-Me, filho Meu, o teu coração”? Dê a Jesus neste natal o que ele mais deseja: você mesmo. O seu coração. Só teremos um natal feliz se dermos a Jesus nós mesmos, nossa vida, nosso coração, deixando que Ele não somente nasça mais reine sempre em nossos corações.


Deus te abençoe. Feliz natal!

 

Título: Meu presente para Jesus
Autor: Pr Eduardo Brasil
Colaborador do Site do Pastor
Data: 11/12/2020

Veja também nossos Artigos


Deixe seu comentário logo abaixo.

meu presente para jesus

Antes de mais nada, Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz. Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor. Discórdia, que eu leve a união. Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé. Onde houver erros, que eu leve a verdade. Assim como, onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Desespero, que eu leve a esperança. Tristeza, que eu leve a alegria. Trevas, que eu leve a luz.

Antes de mais nada, Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz.

Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor. Discórdia, que eu leve a união. Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé. Onde houver erros, que eu leve a verdade. Assim como, onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Desespero, que eu leve a esperança. Tristeza, que eu leve a alegria. Trevas, que eu leve a luz.

Antes de mais nada, Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz. Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor. Discórdia, que eu leve a união. Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé. Onde houver erros, que eu leve a verdade. Assim como, onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Desespero, que eu leve a esperança. Tristeza, que eu leve a alegria. Trevas, que eu leve a luz.

Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor. Discórdia, que eu leve a união. Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé. Onde houver erros, que eu leve a verdade.

3 Comentários em “Meu presente para Jesus”

  1. Sara Rabelo

    Amei essa mensagem, como Deus é maravilhoso, como Deus nos ama e quer o melhor pra nós. Que neste Natal Deus não somente nasça mais reine sempre em nossos corações.
    Deus o abençoe!

  2. José Pires Viana.

    Amém! A um pouco mais de 25 anos atrás eu atendi este pedido do Senhor. A melhor decisão dentre todas as que tomei em minha vida até hoje.
    Ótima mensagem para hoje e todas as épocas. Obrigado Pr Eduardo Brasil e ao Site do Pastor pela excelente postagem. Que o Senhor continue abençoando vossas preciosas vidas, família e ministério.
    Em Cristo: José Pires Viana.

  3. Sidney Ribeiro Balut

    Excelente este sermão!Ele nos fala de uma necessidade de todo o ser humano.E olha que interessante:o que temos para dar para Deus de que Ele necessite?Nada!Mas Ele pede nosso coração e se assim o fizermos,ganharemos muitas e muitas bençãos visíveis e invisíveis,temporais e eternas,maravilhosas e muitas,impossíveis de descrever com palavras.
    Isso se assemelha a um pai que tem mil e uma bençãos para dar para seu filhinho mas antes lhe pede uma pipoquinha da sacola que a criança está comendo.Ela lhe dá uma e o pai então vê nela um coração bondoso e decide dar-lhe todo o seu amor.Algo semelhante Deus faz com o ser humano.
    A Bíblia não nos informa quando Jesus nasceu.Certamente não foi em 25 de dezembro.Particularmente,tenho razões para acreditar que Jesus nasceu entre a segunda metade de agôsto até o fim da primeira metade de setembro.
    Mas data não nos importa pois o importante é darmos nosso coração a Jesus todos os dias,todas as horas e minutos.E isso não requer datas mas sim disposição e vontade.E se assim o fizermos,receberemos bençãos de todos os tipos,conhecidas e desconhecidas,até bençãos inimagináveis pois o Eterno é infinito e Seu amor é inesgotável:”A intimidade do SENHOR é para os que O temem,aos quais Ele dará a conhecer a sua aliança”(Sl 25.14).Que assim seja,amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.