DOAR, FAZER, ENSINAR

Êxodo 35

“DOAR FAZER ENSINAR” é um bom título para este sermão, pois nos leva à apreciação de alguns preciosos ensinamentos contidos neste capítulo bíblico, infelizmente, muito pouco divulgados.

Pano de Fundo Histórico: Antes de seguirem viagem à Terra Prometida, chegou a hora de construir o Tabernáculo, símbolo da tão desejada presença de Deus no meio do povo israelita.


Para viabilizar esta obra, Deus dá as seguintes ORDENS ao Seu povo:
  • DOAR (vs 4-9 e 20-29)
  • FAZER (vs 10-19)
  • ENSINAR (vs 39-35)

1) DOAR (vs 4-9 e 20-29)

“Moisés disse a todo o povo de Israel: —É isto o que o SENHOR ordenou: façam uma oferta ao SENHOR.”

  • As ofertas deveriam ser voluntárias: “Quem quiser fazer isso deverá trazer uma oferta”.
  • Porém, não poderiam ser “restos”, migalhas, coisas sem valor para a pessoa ou sua família.

Cada um deve contribuir segundo as suas posses, porém, deve fazer o seu melhor para a obra de Deus, ser abundante e generoso.

Da mesma forma, este ensino é confirmado no Novo Testamento. Observe as palavras grifadas por nós no texto de 2 Coríntios 9:6-13:

“E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra; conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre.
Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça; para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se deem graças a Deus.

Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus. Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo, e pela liberalidade de vossos dons para com eles, e para com todos.”

Foi impressionante a prontidão do povo em trazer ofertas ao SENHOR.

Quem ama contribui, presenteia, faz o seu melhor.


2) FAZER (vs 10 a 19)

Além de DOAR, todos os que tinham habilidades deveriam vir e FAZER tudo o que o SENHOR mandou.

Infelizmente, muitas pessoas acreditam que basta dar boas ofertas na igreja que a sua parte já está feita, no entanto, se esquecem que um templo cheio de ouro e prata não fará nada sozinho. É preciso que pessoas habilidosas usem estes recursos para que a obra prossiga.

“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” (1 Coríntios 15:58)


3) ENSINAR (vs 30-35)

“Moisés disse ao povo de Israel: —O SENHOR Deus escolheu Bezalel, filho de Uri e neto de Hur, da tribo de Judá.

Deus o encheu com o seu Espírito e lhe deu inteligência, competência e habilidade para fazer todo tipo de trabalho artístico; para fazer desenhos e trabalhar em ouro, prata e bronze; para lapidar e montar pedras preciosas; para entalhar madeira; e para fazer todo tipo de artesanato.

O SENHOR deu a Bezalel e a Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã, o DOM DE ENSINAR os outros. Ele lhes deu habilidade para fazerem todos os trabalhos de gravador e de desenhista, para tecerem linho fino e fios de lã azul, púrpura e vermelha e para fazerem outros tecidos. Eles têm habilidade para todo tipo de trabalho e para fazer desenhos.

Tudo que é feito na obra de Deus deve ser feito por pessoas cheias do Espírito Santo, pois é Ele quem dá inteligência, competência e habilidade para fazer todo tipo de trabalho.

Entretanto, na igreja tem pessoas que não têm quase nada para doar, assim como tem também aqueles que não sabem fazer nada. E, mais uma vez, a Palavra de Deus se mostra perfeita. O Espírito Santo deu “o dom de ensinar os outros”. Isto é, ninguém que quisesse participar daquela obra ficaria de fora.

NOTA: Muitos acreditam que o dom dispensa o ensino, acreditam, por exemplo, que se uma pessoa tem o dom de pregar, não precisa estudar sobre pregação, mas isso é um erro terrível. Em toda a Escritura, DOM e ENSINO se complementam, andam juntos.


CONCLUSÃO

Enfim, quem pode doar, o faça com alegria. Quem doar, proponha-se também a fazer a obra. Quem não sabe fazer a obra de Deus, aprenda com quem tem o dom de ensinar.

Então, é muito simples, né?

E quanto a você, está totalmente envolvido com a obra de Deus (doar/fazer/ensinar)?

.

Título: Doar, Fazer, Ensinar
Autor: Pr Ronaldo Franco
Data: 01/11/2021

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos demais esboços: Esboços

Doar fazer ensinar

4 comentários em “Doar fazer ensinar”

  1. Existe mais um verso que ajuda muito no encorajamento de nossa missão de doar, fazer e ensinar:

    “Porque Deus não é injusto para ficar esquecido do vosso trabalho e do amor que evidenciastes para com o seu nome, pois servistes e ainda servis aos santos” (Hb 6.10).

  2. DOAR
    Doar tem de ser algo espontâneo,não obrigatório. Doar é um ato de amor. Por isso,o texto diz:”…de coração disposto, voluntariamente”(v. 5). E a quantidade não é estipulada, não é imposta, é livre.

    Assim é a obra de Deus. Fazemos por amor, doando o melhor de nós, nossos talentos, recursos, tempo, capacidade mental, amor, dedicação, carinho, esforço,determinação.

    Só a oferta, serviço e trabalho feitos voluntariamente, por amor, com alegria, agradam a Deus (2 Co 9.7;1 Co 3.3).”Mais bem-aventurado é dar que receber”(At 20.35).

    FAZER
    Todo servo de Deus recebe talentos e somos responsáveis por desenvolvê-los e usá-los para a glória de Deus. Preguiça e procrastinação são pecado.

    Cultivar talentos para ajudar na igreja e glorificar a Deus é agradável ao SENHOR. “Maldito aquele que fizer a obra do SENHOR relaxadamente”(Jr 48.10).

    ENSINAR
    “Também lhe dispôs o coração para ensinar”(Ex 35.34).

    No mundo material, quanto mais riquezas acumulamos, mais sucesso teremos. No mundo espiritual é o contrário: quanto mais o crente compartilha as riquezas espirituais que recebe, mais ele terá! “A quem dá liberalmente ainda se lhe acrescenta mais e mais, ao que retém mais do que é justo, ser-lhe-á em pura perda” (Pv 11.24).

    A habilidade de ensinar é similar ao dom de ensinar mencionado por Paulo em Rm 12.7: “o que ensina, esmere-se no fazê-lo”.

    Parece-nos que Deus deu habilidades artísticas especiais a certos israelitas que decoraram o interior do tabernáculo cujas belezas só seriam vistas pelo sumo sacerdote e por Deus.

    LIÇÃO: Existem coisas que fazemos, coisas boas, dentro e fora da igreja, que o mundo jamais enxergará nem aplaudirá. Até mesmo os irmãos ou a igreja como um todo não enxergarão o que você fez. Mas Deus, não! Será como um segredo entre você e Deus! E só do SENHOR você receberá os elogios, as honras e o galardão!

    Quando os homens não reconhecerem o seu trabalho, lembre-se de Deus!

    “Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra cousa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”(1 Co 10.31).

    “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis, e sempre abundantes na obra do SENHOR, sabendo que, no SENHOR, o vosso trabalho não é vão”(1 Co 15.58).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.