Deus mudou o mal em bem

DEUS MUDOU O MAL EM BEM
Gn 45.16-18 a Gn 46.1-30

Deus é bom e faz bondades – Salmo 33.5


“DEUS MUDOU O MAL EM BEM”
foi o título escolhido para este sermão em razão da declaração final de José, no Capítulo 50, verso 20: “É verdade que vocês planejaram aquela maldade contra mim, mas Deus mudou o mal em bem para fazer o que hoje estamos vendo, isto é, salvar a vida de muita gente.”

Pano de Fundo Histórico:

Depois que José se revelou a seus irmãos, Faraó e a corte real ficaram sabendo da existência da sua família e colocam à disposição de José todos os recursos necessários para trazer os seus parentes confortavelmente para o Egito e acomodá-los com dignidade. Numa análise comparativa bem simples, podemos ver que, de fato, “Deus mudou o mal em bem”, em todos os SENTIDOS.


1) DEUS MUDOU REJEIÇÃO EM ACOLHIMENTO (Cap 45.16-18)

Vinte anos antes, os irmãos de José, movidos por ciúmes e inveja, o rejeitaram a ponto de desejarem a sua morte, mas Deus mudou o MAL em BEM e, agora, toda a família de José é acolhida no Egito com dignidade e privilégios.


2) DEUS MUDOU DESCONFORTO EM CONFORTO (Cap 45.19-23)

Vinte anos antes, José foi levado como escravo para o Egito num desconforto total e absoluto (físico e emocional), mas Deus mudou o MAL em BEM e, agora, toda a família de José viaja confortavelmente nas carretas de Faraó, em segurança.


3) DEUS MUDOU CONFLITO EM PAZ (Cap 45.24 ao Cap 46.4)

Vinte anos antes, José se viu no meio de um terrível conflito entre seus irmãos, mas Deus mudou o MAL em BEM e, agora, faz de José o motivo da paz:

  • Paz entre os irmãos: “Os irmãos se despediram, e na hora de partir José aconselhou: —Não briguem pelo caminho.” (vs 24)
  • Paz ao coração do pai: “Eles saíram do Egito e, quando chegaram a Canaã, foram à casa de Jacó, o seu pai. Então lhe disseram: —José está vivo! Ele é o governador de todo o Egito! Jacó quase desmaiou e não podia acreditar. Porém, quando lhe contaram tudo o que José tinha dito, e quando viu as carretas que havia mandado para levá-lo para o Egito, Jacó ficou muito animado. E disse: —Já chega! O meu filho José ainda está vivo. Quero vê-lo antes de eu morrer.” (vs 25 a 28)
  • Paz com Deus: “Naquela noite Deus falou com ele numa visão e o chamou assim: —Jacó, Jacó! —Eu estou aqui—respondeu ele. Deus disse: —Eu sou Deus, o Deus do seu pai. Não tenha medo de ir para o Egito, pois ali eu farei com que os seus descendentes se tornem uma grande nação. Eu irei para o Egito com você e trarei os seus descendentes de volta para esta terra. E, quando você morrer, José estará ao seu lado.” (Cap 46.1-4)
PONTO-CRUZ (use este PC aqui)  – O que é isso?
Ao morrer na cruz por nós, Jesus se tornou o único motivo de estarmos em paz com Deus, justificados pela fé (Rm 5.1).


4) DEUS MUDOU SOLIDÃO EM COMPANHIA (Cap 46.5-30)

Vinte anos antes, José viajou sozinho até o Egito, traído por seus irmãos, completamente desamparado, mas Deus mudou o MAL em BEM e, agora, toda a sua família viaja em uma única caravana, cheios de esperança e alegria.

“Jacó e todos os seus foram para o Egito, levando o seu gado e todas as coisas que haviam conseguido em Canaã.” (vs 6)

“Ao todo foram para o Egito sessenta e seis descendentes diretos de Jacó, sem contar as mulheres dos seus filhos. Os dois filhos de José nasceram no Egito. Assim, foi de setenta o total de pessoas da família de Jacó que foram para o Egito.” (vs 26 e 27)

“Jacó mandou que Judá fosse na frente para pedir a José que viesse encontrá-los em Gosém. Quando eles chegaram, José mandou aprontar o seu carro e foi para Gosém a fim de se encontrar com o pai. Quando se encontraram, José o abraçou e chorou abraçado com ele por muito tempo. Então Jacó disse: —Já posso morrer, agora que já vi você e sei que está vivo!” (vs 28 a 30)


CONCLUSÃO

Em todos os sentidos, “Deus mudou o mal em bem”. E tem sido sempre assim, não importa quanto tempo tenha se passado, Deus sempre muda o mal em bem. Deus sempre muda…

  • Rejeição em acolhimento.
  • Desconforto em conforto.
  • Conflito em paz.
  • Solidão em companhia.

Portanto, meus irmãos, sejamos “Alegres na esperança, fortes na tribulação, perseverantes na oração” (Rm 12.12).

 

Título: Deus mudou o mal em bem
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor
Data: 23/02/2021

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos Artigos

Deus mudou o mal em bem

Antes de mais nada, instrumento de vossa paz. Acima de tudo, o amor. Enquanto houver desespero, a esperança.  Portanto, que eu leve o amor. Por isso, paz.

 

 

2 Comentários em “Deus mudou o mal em bem”

  1. Sidney Ribeiro Balut

    Se Deus transforma o mal em bem(Gn 50.20) então temos razão para não nos vingarmos pessoalmente.”Não vos vingueis a vós mesmos,amados,mas dai lugar à ira porque está escrito:A mim me pertence a vingança!Eu retribuirei”(Rm 12.19).

    Só Deus consegue transformar os piores acontecimentos e convertê-los em bem para todos.Acontecendo isso conosco,serve-nos de prova da existência de Deus e do seu cuidado para conosco.

    Esse acontecimento de José com seus irmãos é um acontecimento em escala menor de algo muitíssimo maior.O pecado de Adão,a Queda,foi um grande mal mas Deus o usou para trazer algo muito melhor ,a saber,Seu Filho Primogênito para a salvação de todos os que queiram.

    Observe que Deus usou um tempo de vinte anos no caso de José.O SENHOR é soberano e pode usar mais ou menos tempo para conosco.Cabe-nos exercitar fé e paciência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.