Deus livra o menino Moisés

DEUS LIVRA O MENINO MOISÉS
Êxodo 1.15-22 a Êxodo 2.1-10

Deus liberta – Sl 70.5

“DEUS LIVRA O MENINO MOISÉS” foi o título escolhido para este sermão em razão da grande importância de Moisés, tanto para o povo de Deus daquela época, como na na história da salvação, e até os dias de hoje.


Pano de Fundo Histórico
: Como vimos no sermão anterior, depois de um longo período de convivência pacífica, os israelitas acabaram sendo escravizados pelos egípcios, mas, conforme prometeu a Abraão, logo Deus irá libertar o Seu povo e levá-lo de volta para Canaã. No entanto, o menino escolhido para liderar este plano tem poucas chances de vida. Felizmente, nada pode frustrar os planos de Deus, por isso veremos neste sermão os maravilhosos LIVRAMENTOS do Senhor na vida do menino Moisés.


1. LIVRAMENTO DAS ARTIMANHAS (Ex 1.15-21)

Apesar do sofrimento da escravidão, os israelitas continuavam aumentando em número, então Faraó resolveu usar de uma artimanha para controlar a quantidade deles: Ele mandou Sifrá e Puá, parteiras hebréias que estavam a serviço do rei, matar no parto todos os meninos hebreus (matá-los em segredo, como se fosses fatalidades).

“Porém as parteiras temiam a Deus e não fizeram o que o rei do Egito havia mandado. Pelo contrário, deixaram que os meninos vivessem” (vs 17). Elas ainda não sabiam, mas esta atitude salvou a vida de Moisés, o futuro libertador de Israel. Aleluia!


2. LIVRAMENTO DO ÓDIO (Ex 1.22)

Ao ver que as parteiras não cumpriam as suas ordens, Faraó ordenou abertamente que o povo egípcio jogasse no rio qualquer menino hebreu que encontrasse. Quando um governante põe uma parte da população contra outra, o pior da raça humana vem à tona, pessoas comuns passam a cometer todo tipo de crime hediondo. Pense, agora, na situação das famílias hebraicas tentando esconder os seus meninos da permanente vigilância e ódio daquela sociedade. Quanto sofrimento, ansiedade, medo, choro e lamentação pelos meninos que foram assassinados.

Porém, por divina e antecipada providência, sabemos que no tempo de José os israelitas foram fixados em Gósen, uma região distante, isolada e pouco frequentada pelos egípcios daquela época, pois eles desprezavam os que não era egípcios, especialmente os escravos e isso, certamente facilitou às famílias esconder a maioria dos meninos, dentre eles, o menino Moisés.


3. LIVRAMENTO DA ESCRAVIDÃO (Ex 2.1-10)

Moisés foi livrado da morte, mas não estaria livre da escravidão, pois todo o seu povo era escravo, seus pais eram escravos.

Ao ter a incrível ideia de colocar seu filho num cesto e soltá-lo nas águas do rio próximo ao local de banho da filha de Faraó, mesmo sem saber, a mãe de Moisés estava cooperando com o plano de Deus. E Deus a abençoou. Ela não só o salvou, como também acabou sendo assalariada pela princesa para criar e amamentar o seu próprio filho.

PONTO-CRUZ(use este PC aqui)  – O que é isso?
Deus livrou o menino Moisés, mas não livrou o Seu próprio Filho de morrer na cruz por nós, porque nos amou: “Mas Deus prova Seu amor para conosco assim, sendo nós ainda pecadores, Cristo morreu por nós”. Romanos 5:8

CONCLUSÃO

Nada pode frustrar os planos do Senhor, sejam artimanhas, ataques de ódio ou escravidão. Ele já tem uma saída para tudo, preparada antes da fundação do mundo. E quanto à você, do que o Senhor já tem te livrado, do que Ele já tem livrado a sua família?

Louvemos ao Senhor e permaneçamos nos Seus planos.

 

Título: Deus livra o menino Moisés
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor
Data: 01/04/2021

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos Artigos

Deus livra o menino Moisés

Antes de mais nada, instrumento de vossa paz. Acima de tudo, o amor.  

1 Comentário em “Deus livra o menino Moisés”

  1. Sidney Ribeiro Balut

    “Sede agradecidos”(Cl 3.15). O cristão tem a obrigação de constantemente agradecer a Deus porque, com certeza, em diversas ocasiões em sua vida, Deus já o livrou da morte certa por parte dos ataques de Satanás. Só de estarmos vivos já é motivo para agradecermos ao SENHOR.

    E acreditamos que o cristão não morre, não parte deste mundo, sem antes cumprir a missão que Deus lhe deu para executar neste mundo. Se ainda estamos vivos é porque temos algo a cumprir.

    Deus nos livra de artimanhas: “Os passos do homem são dirigidos pelo SENHOR” (Pv 20.24a).

    Deus nos livra do ódio: “O coração do homem traça o seu caminho mas o SENHOR lhe dirige os passos” (Pv 16.9).

    Deus nos livra da escravidão: “Não negligencieis a hospitalidade, pois alguns,praticando-a, sem o saber acolheram anjos”(Hb 13.2). Anjos estão sempre ao derredor dos servos de Deus na terra: “Não são todos eles espíritos ministradores enviados para serviço, a favor dos que hão de herdar a salvação?” (Hb 1.14).

    Devemos ser agradecidos porque não temos nem ideia de quantas vezes o SENHOR já nos livrou de muitos problemas,perigos e armadilhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.