Chamado ou Empolgado? (Parte 2)

CHAMADO OU EMPOLGADO? (Parte 2)
Ex 2.23 a Ex 4.1-31

O Deus que chama – Rm 8.28


“CHAMADO OU EMPOLGADO?” (Parte 2)
foi o título escolhido para este sermão para destacar a incrível mudança ocorrida na história de Moisés.

Pano de Fundo Histórico: Como vimos no sermão anterior (Parte 1), Moisés apareceu em cena sem um chamado específico de Deus, fazendo tudo por conta própria e cometendo vários erros. Matou um egípcio e teve que fugir para o deserto para não ser morto por Faraó. Mas “alguns anos depois o rei do Egito morreu” (Ex 2.23) e Moisés volta diferente. Agora, sim, ele tem um chamado divino para liderar e libertar o povo de Deus. Quais SINAIS podemos procurar numa pessoa que diz que tem um chamado específico de Deus?


1º SINAL: ENCONTRO COM DEUS
  • Moisés teve um encontro real e pessoal com Deus e ouve a Sua voz (Ex 3.1-9).
  • E, efetivamente, recebe o seu chamado especial da parte de Deus (Ex 3.10).

Antes, Moisés só tinha a tradição e os conceitos religiosos da sua família e do seu povo, mas agora ele conhece o Deus de Abraão, Isaque e Jacó.


2º SINAL: CONSCIÊNCIA DAS SUAS FRAQUEZAS
  • Moisés reconhece que não tem capacidade pessoal para cumprir o chamado (Ex 3.11).
  • Deus lhe dá promessas e garantias do sucesso da sua missão (Ex 3.12-24).
  • E lhe dá poder para realizar milagres (Ex 4.1-12).
  • Moisés continua relutando, então o Senhor o repreende e coloca seu irmão Arão para ajudá-lo (Ex 4.13-17).

Antes ele se achava forte o bastante para libertar o seu povo sozinho, mas agora, ao conhecer o verdadeiro poder (o poder de Deus), Moisés sabe que é fraco e que precisa de ajuda para cumprir o seu chamado.


3º SINAL: IMBUÍDO DE PODER E AUTORIDADE
  • Agora Moisés tem a autoridade de Deus sobre a sua vida (Ex 3.16-20).
  • Tem promessas das bênçãos de Deus para o povo (Ex 3.21-22).
  • O poder de Deus à sua disposição (Ex 4.1-9).
  • E, agora, tem a atenção e o respeito do povo para poder liderá-lo (Ex 4.29-31).

Antes ele foi rejeitado pelo seu próprio povo e teve que fugir da presença do rei, mas, agora, ele está imbuído da autoridade e do poder de Deus em sua vida.

PONTO-CRUZ (use este PC aqui)  – O que é isso?
Todo poder e autoridade foram dadas pelo Pai a Jesus Cristo, em razão da obra salvífica que ele completou na cruz para nos salvar  (Mt 28.18).

CONCLUSÃO

Na primeira parte da sua história, Moisés agiu por conta própria, sem um efetivo chamado de Deus, e fez tudo errado. Mas agora ele volta transformado pelo encontro pessoal que teve com Deus, consciente das suas fraquezas, mas imbuído do poder e da autoridade de Deus.

Todos os salvos têm um chamado para a salvação, mas somente alguns têm um chamado especial para liderar o povo de Deus. Quem não tem este chamado especial e tenta liderar, é apenas um empolgado e, certamente, cometerá muitos erros, colocará a sua própria vida e a vida dos outros em grandes dificuldades.

E quanto a você, qual é o seu chamado? Quais são os sinais de Deus em sua vida que comprovam que você tem um chamado?


Título: Chamado ou empolgado? (Parte 2)
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor
Data: 17/04/2021

Deixe seu comentário logo abaixo.

Veja também nossos Artigos

chamado ou empolgado?

Antes de mais nada, instrumento de vossa paz. Acima de tudo, o amor. Antes de mais nada, instrumento de vossa paz. Acima de tudo, o amor. Antes de mais nada, instrumento de vossa paz.

 

1 Comentário em “Chamado ou Empolgado? (Parte 2)”

  1. Sidney Ribeiro Balut

    “Mas tu lhes dirás as minhas palavras,quer ouçam quer deixem de ouvir”(Ez 2.7).

    Todos os cristãos têm um chamado geral:servir a Deus e representá-LO neste mundo.Mas alguns têm uma missão específica,algo só dele.Mas quando Deus chama podemos contar com a presença divina o tempo todo.

    Muitos foram chamados para grandes missões,de maneira individual,específica e de grande envergadura e responsabilidade como ,por exemplo,Moisés,Josué,Jonas e muitos outros.E até o apóstolo Paulo:”Paulo,servo de Jesus Cristo,separado para o evangelho de Deus”(Rm 1.1).

    Há um preço a pagar e uma responsabilidade a prestar de acordo com o grau de cada missão.Porém,a maioria é chamada para ser um ‘tijolo’ na grande construção do edifício de Deus,sem notoriedade,sem os aplausos,em um trabalho comum a todos,ou até específico,mas tudo feito fora dos holofotes deste mundo como,por exemplo,o de ser um ‘soldado na frente de batalha’ atuando em diversos e diferentes ‘fronts’ onde,através de circunstâncias,o SENHOR o colocar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.