A ganância dos parentes

A GANÂNCIA DOS PARENTES
Gênesis 13
Deus de promessa – I Jo 2.25

Frequentemente, quando Deus começa a abençoar alguém logo aparecem  parentes e aproveitadores tentando pegar uma “carona”. Com Abrão não foi diferente, seu sobrinho Ló, que veio junto com ele lá de Ur dos Caldeus, logo começou a disputar e a brigar com seu tio por terra e recursos. Este texto nos ensina algumas das melhores ATITUDES para se lidar com isso.

a) ANTES DE MAIS NADA, CONTINUE ADORANDO AO SENHOR
     Em primeiro lugar:
    – Abrão adorou ao Senhor do início ao fim deste conflito.
    – Adorou novamente em Betel (vs 1-4).

    – Adorou também junto a Hebron, depois que se separou de Ló (vs 18).
b) ENTÃO, CONCILIE A SITUAÇÃO (vs 5-9).

    Entretanto, Abrão agiu como conciliador da sua própria causa. Ele disse para Ló: “Não haja contenda entre mim e ti… por somos parentes chegados… escolhe você primeiro com qual parte da terra você quer ficar”.

c) ACEITE AS PERDAS MOMENTÂNEAS (vs 10-13).
    É lógico que o ganancioso Ló escolheu as melhores terras (“por que era bem regada”), deixando o “resto” para seu tio. Mesmo percebendo que seu sobrinho estava lhe “passando a perna”, para evitar novos conflitos, Abrão aceitou a escolha dele.

PONTO-CRUZ   (use este PC aqui)   – O que é isso? 
Se pela recompensa que lhe estava proposta, Jesus suportou a cruz (Hb 12:2), pelas promessas de Deus em nossas vidas, nós também podemos suportar todas as provas e perdas.
d) E CONTINUE FIRME NAS PROMESSAS DO SENHOR (vs 14-18). 
    Todavia, mal sabia Ló que ninguém podia tomar aquilo que Deus havia prometido para Abrão e, mesmo não sendo necessário, em razão da Sua fidelidade peculiar, como que para acalmar o coração de Abrão, Deus repete suas promessas para ele.

CONCLUSÃO
Em conclusão, quando Deus começa a abençoar alguém, logo aparecem os aproveitadores. Nesta situação não convém aos eleitos ficar brigando por “migalhas”, ao invés disso, continue adorando ao Senhor, cultive uma atitude conciliadora e aceite as perdas momentâneas, pois as promessas de Deus certamente irão se cumprir em sua vida.

Título: A ganância dos parentes.
Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Site do Pastor
Data: 05/06/2020

Veja também nossos Artigos

A ganância dos parentes

Site do Pastor, no ar desde 30/09/2003 suprindo os pregadores com mensagens, esboços e ilustrações de alta qualidade, para que o ato de pregar o Evangelho seja cada vez mais dignificado e valorizado.

Toda honra e toda glória sejam dadas a Jesus Cristo, o Filho do Deus Altíssimo!



Antes de mais nada, Senhor, fazei de mim um instrumento de vossa paz.
Acima de tudo, onde houver ódio, que eu leve o amor.
Discórdia, que eu leve a união.


Em síntese, onde houver dúvidas, que eu leve a fé.

Onde houver erros, que eu leve a verdade.
Assim como, onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Desespero, que eu leve a esperança.
Tristeza, que eu leve a alegria.
Trevas, que eu leve a luz.

2 Comentários em “A ganância dos parentes”

  1. Site do Pastor Post author

    É verdade, meu irmão. Esta história serve para alertar o povo de Deus contra estes charlatões.

  2. Sidney Ribeiro Balut

    Texto muito proveitoso!Não são só os parentes que se aproveitam de um irmão que desponta na fé e no serviço na obra de Deus.São também religiosos gananciosos que logo querem garantir que aquele pregador ou aquela cantora pregue ou cante exclusivamente em sua denominação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.