Um espelho chamado Cristão

um espelho chamado cristãoII Coríntios 3.18

UM ESPELHO CHAMADO CRISTÃO, em busca de consagração.

Propósito Geral: Consagratório.
Tema Específico: O reflexo da glória de Deus.
Afirmação Teológica: Uma das maiores verdades deste texto bíblico é esta:

SOMOS ESPELHOS QUE DEUS USA.

Enquanto caminhamos, o mundo ao nosso redor espera ver, em nós, a transformação que só o Espírito Santo faz na vida de um pecador arrependido. Observando um espelho, relembramos alguns cuidados necessários essenciais para que sejamos usados pelo Senhor, refletindo Sua glória no mundo.

1. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso ter o rosto descoberto
Assim como um espelho deve estar descoberto para refletir a imagem de determinado objeto, nós também necessitamos de que nada se interponha entre nós e o nosso Deus. O véu que separava o homem de Deus foi rasgado por ocasião da morte de Jesus na cruz. Este gesto, sem par, possibilitou que a glória do Senhor rebrilhasse em nossa vida. O acesso que temos à sua presença foi garantido pela morte e ressurreição de Cristo. Vamos desfrutar, portanto, dessa comunhão.

Um espelho chamado cristão deve ter o rosto descoberto.

2. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso estar limpo
Muitas vezes, a imagem refletida no espelho não é nítida, não tem  brilho. Pequenas manchas internas, ou até mesmo poeira, dificultam a nossa visão.Assim também, os nossos pecados  encobrem o rosto do nosso Deus e as nossas iniqüidades nos  separam do Senhor (Isaías 59:2). Se desejamos refletir a sua glória com todo o brilho e perfeição, busquemos diariamente purificar as nossas vidas, confessando “os nossos pecados, na certeza de que Ele é fiel e justo para nos perdoar e purificar de toda e qualquer injustiça” (110 1:9).

Um espelho chamado cristão deve estar limpo.

3. Para refletir como espelho a Glória de Cristo, é preciso estar bem direcionado
Mesmo descoberto e limpo, o espelho só é capaz de refletir o objeto para o qual se direciona. O cristão que não está em sintonia com o Senhor, corre o risco de refletir outras imagens. Ao direcionar o nosso olhar para o “autor e consumador de nossa fé”, passamos a refletir cada vez mais a sua glória, através de nossas vidas. E assim, de glória em glória, somos transformados e Sua luz se revela em nossa vida. Quanto mais ela rebrilhar, mais Cristo será visto em nós.

Um espelho chamado cristão deve estar bem direcionado.


Conclusão

Como espelho de Cristo eu devo:
1 – Reconhecer minhas fraquezas – Salmo 139:23 e 24.
2 – Obedecer ao plano de Deus para minha vida – Salmo 40:8.
3 – Confiar no poder de Deus e não em minhas forças – Filipenses 4: 13.

Que imagens as pessoas têm visto refletidas em minha vida? Existe alguma área que necessita de transformação por meio do Espírito Santo?

 

Título: Um espelho chamado cristão
Autora: Vanda dos Santos GuimarãesRevista Vida Cristã, 2005.
Nossos agradecimentos à autora, que tão gentilmente autorizou-nos a publicação deste artigo.