Surdez na terceira idade

surdez na terceira idade

SURDEZ NA TERCEIRA IDADE

Um idoso conversa online com o seu filho, que é médico e mora em outra cidade, avisa que a esposa está ficando surda e pede para ele dar uma olhada na mãe. O filho, muito amoroso, ficou preocupado e ansioso para vir logo visitá-los, pois sabe que quanto antes a surdez na terceira idade for diagnosticada, melhor é. Ele, então, pergunta se é sério, e o pai diz que sim.

“Ok, papai, escreve o jovem, quando eu chegar aí vou examiná-la, mas, para termos certeza, faça o seguinte: Sem que ela esteja olhando, o senhor fale com ela em tom normal de voz a uma distância de uns 15 metros. Se ela não responder, fale novamente, no mesmo tom de voz, a uma distância de 10 metros. Se ela não responder de novo, fale a uma distância de 5 metros”.

“Ok, filhão, vou fazer isso”, responde o idoso.

À noite, quando a mulher estava preparando o jantar, o velhote decidiu fazer o teste. Calculou mais ou menos a distância em que estavam um em relação ao outro e perguntou: – Maria, o que teremos para o jantar?

Ela não respondeu nada.

Aproximou-se 5 metros e, mantendo o mesmo tom de voz, repetiu a pergunta: – Maria, o que teremos para o jantar?

Novamente, ela não respondeu nada.

Aproximou-se mais 5 metros e perguntou de novo: – Maria, o que teremos para o jantar?

Mais uma vez, ela não respondeu nada.

Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar: – Maria! O que teremos para o jantar?

– Credo velho, respondeu a mulher, da próxima vez que o nosso filho vir nos visitar, vou pedir para ele examinar você, pois eu acho que você está ficando surdo. Essa é a quarta vez que eu respondo que nós vamos ter frango para o jantar.

E como podes dizer a teu irmão: Permite-me remover o cisco do teu olho, quando há uma viga no teu? Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho, e então poderás ver com clareza para tirar o cisco do olho de teu irmão  – Mateus 7.4-5.

 

Título: Surdez na terceira idade (autor desconhecido).