Segunda vez?

SEGUNDA VEZ?

Conta-se que certo homem pecou e pediu perdão a Deus. E o Senhor lhe perdoou. O homem, leve e feliz, continuou o seu caminho.

Mais adiante, porém, cometeu um novo deslize e ficou muito triste e envergonhado.

Sua alegria de viver foi-se esvaindo e ele começou a fugir da presença de Deus.

Ao vê-lo tão triste e fugidio, Deus perguntou-lhe:
– Por que andas tão triste, meu filho, fugindo de mim?

– Estou com vergonha, Senhor.

– Vergonha do quê?

– Por causa deste meu pecado.

– Basta que me peças perdão, filho, e, se estiveres arrependido, eu o perdoarei.

– Eu estou arrependido, Pai, mas estou com vergonha, pois esta é a segunda vez que lhe peço perdão por este mesmo pecado.

Mas, para sua surpresa, Deus lhe perguntou:
– Segunda vez? E qual foi a primeira?


Se confessarmos os nossos pecados,
ele é fiel e justo para nos
perdoar os pecados,
e nos purificar de toda a injustiça.

I João 1.9

Autor: Marcelo Aguiar, do livro “Cura Pela Palavra”, pg 64.
Enviado pelo colaborador: Wilson B. Vasconcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *