Santo do pau oco

SANTO DO PAU OCO

A Coroa Portuguesa costumava cobrar imposto altíssimo sobre as pedras preciosas e o ouro.

Quem não queria pagar, colocava as peças dentro de imagens de santos e assim passava pelas barreiras fiscais que havia nas estradas.


Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.
I Timóteo 3.1-5

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *