Quando Jesus não satisfaz

quando jesus não satisfaz

QUANDO JESUS NÃO SATISFAZ
“Geazi, o empregado de Eliseu, começou a pensar: — O meu patrão deixou que Naamã fosse embora sem pagar nada. Ele devia ter aceitado o que o sírio estava oferecendo. Juro pelo Senhor, o Deus vivo, que vou correr atrás dele e receber alguma coisa!” – 2 Reis 5:20.

Esta é a triste história de Geazi, um aprendiz de profeta que vivia com Eliseu e o ajudava em suas tarefas do dia a dia. Este jovem, com certeza, presenciou muitos dos milagres que Deus operara através do seu profeta, contudo, conviver com este homem de Deus não fez daquele rapaz uma pessoa de Deus, assim como ser filho de crente ou ir à igreja todos os dias, participar de todos os cultos e trabalhos, não nos faz ser igreja.

Este texto bíblico nos revela uma grande verdade: Quando Jesus não satisfaz, a pessoa sai da presença de Deus para correr atrás de ILUSÕES.

GEAZI CORREU ATRÁS DA FAMA
Naamã era um sujeito importante; se fosse um joão-ninguém, Geazi não teria corrido atrás dele.

Geazi abandonou Deus e o profeta Eliseu para correr atrás de Naamã, por que ele era rico e famoso, na esperança de conseguir alguma coisa para si (fama, roupa, dinheiro, poder etc.). Muitas pessoas estão fazendo como Geazi, abandonando o Senhor Jesus para “adorar” os ídolos humanos da nossa geração (cantores, atores, atleta, pessoas ricas e famosas etc.). E isso já é coisa antiga: “Demas se apaixonou por este mundo… e me abandonou” – 2 Timóteo 4.10.

GEAZI CORREU ATRÁS DE ROUPA DA MODA
Naamã queria estar “na moda”, seguir o curso deste mundo. Esse jovem desejou vestir as roupas de Naamã, mas não pensou na lepra que havia por baixo daquelas belas vestes.

Muitos jovens não conseguem ver o que há além da moda. Não conseguem ver o lado perverso deste consumismo insano, nem do vício das drogas, sexo, álcool. Não conseguem enxergar a tristeza que há por baixo dos panos. Tem muita gente ficando doente e até morrendo, pois, quando Jesus não satisfaz, ao invés de se arrepender, preferem correr atrás de ilusões.

Não há nada errado em se andar na moda. O problema está na obsessão. Geazi queria ter aquelas roupas “descoladas” a qualquer custo, mesmo que para isso tivesse que mentir, enganar, roubar … e foi isso exatamente o que ele fez.

Muitos estão dispostos a fazer coisas semelhantes para andar na moda. Alguns até se prostituem, se for preciso.

“As injustiças que um homem mau comete são uma armadilha; ele é apanhado na rede do seu próprio pecado” – Prov 5.22.

GEAZI CORREU ATRÁS DE DINHEIRO
Este ato de Geazi, de pedir um tanto de prata, mostra uma fragilidade de muitos: O amor e apego ao dinheiro (I Tm 6:10).

Existem pessoas que lhes não basta servir a Deus; para estarem satisfeitas e felizes, elas pensam que é preciso ter muito dinheiro, mas se esquecem que, tal como ocorreu a Naamã (e muitos hoje em dia), o dinheiro não pode garantir saúde, vida, felicidade.

“Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores” – 1 Timóteo 6:10.

CONCLUSÃO
Quando Jesus não satisfaz a pessoa buscará satisfação nas ilusões, tais como a fama, moda, dinheiro, etc., sem a preocupação de agradar ou não a Deus, pensando somente em agradar ao seu próprio ego. Tristes decisões, pois Jesus é o único que satisfaz a nossa alma: “O Senhor é meu pastor, nada me faltará” – Salmo 23.1.

Mas, o que fazer quando Jesus não satisfaz? Confesse seus pecados e se arrependa, pois, no fundo, o problema de “quando Jesus não satisfaz” geralmente é o desejo desta pessoa de viver em pecado, em rebelião, longe de deus.

 

Título: Quando Jesus não satisfaz
Autor: Pr Luis Fernando Matoso