Pega ladrão!

PEGA LADRÃO!

Há alguns anos presenciei uma cena hilária no Passeio Público, no centro de Curitiba.

Num grande cercado de tela de arame viviam cerca de 15 pequenos macacos. Dentro do cercado, além das armações de madeira e bambú, havia também um pé de coquinho, e era época da fruta.

Um macaquinho novato subia pela tela de arame, catava um coquinho lá no alto, descia, pegava uma pedra, erguia-a acima da sua cabeça, com as duas mãos, e batia no coquinho. Às duras penas conseguia quebrar a casca, revelando o miolo da fruta.

Mas, ao largar a pedra para saborear o merecido lanchinho, ele era roubado por um macaco velho, que o espiava o tempo todo. Apesar de velho, ele era muito veloz e o macaquinho não tinha chance.

A única coisa que o novato fazia era gesticular bastante com as mãos e os braços, em visíveis sinais de protestos, e emitir um monte de sons estridentes que, se pudessem ser traduzidos, com certeza seriam palavras desagradáveis.

O engraçado em tudo isso é que a cena se repetia, vezes após vezes, e o macaquinho não mudava sua rotina (nem o macaco velho sua estratégia, é claro).

Um não aprendia nada com as perdas anteriores.
E, o outro, bem… saciou sua vontade sem se esforçar muito.


Venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.
Apocalipse 3.11

www.SitedoPastor.com.br


Autor: Pr Ronaldo Alves Franco.
Fato verídico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *