O rebento

O REBENTO

Morávamos num imenso quintal, onde plantei diversas árvores frutíferas. Certa vez plantei um pé de caqui, mas, apesar dos meus cuidados, ele secou.

Numa noite gelada, em pleno inverno da região sul do Brasil, comentei com minha esposa:
– Amanhã cedo vou arrancar aquele pé de caqui que não vingou e vou plantar uma outra árvore em seu lugar.

Logo de manhã, peguei uma pá e fui até o pé de caqui, mas, quando fui arrancá-lo, tive uma feliz surpresa: ele havia largado uma única e pequeníssima folha verde. Parecia querer dizer-me: “Não me arranque. Não estou morto!”.

Redobrei meus cuidados e ele “agradeceu-me” dando-nos saborosos caquis-café, da melhor qualidade.

Autor: Pr Ronaldo Alves Franco


Então brotará um rebento do toco de Jessé,
e das suas raízes um renovo frutificará.

Isaías 11.4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *