O caminho da bênção

O caminho da bênção
O CAMINHO DA BÊNÇÃO
I Samuel 1

O caminho da bênção

Propósito Geral: Encorajamento.

Tema Específico: Como alcançar a bênção.

Introdução ao assunto:
O Senhor Nosso Deus é Criador e Criativo. Em Sua Palavra encontramos exemplos desta criatividade, especialmente quanto às bênçãos e aos milagres. Se olharmos alguns dos milagres de Jesus, podemos confirmar o que estou dizendo:
– Jesus curou um leproso que pediu-lhe a bênção para si (Mt 8.2), mas também curou a sogra de Pedro, sem que ela mesma ou qualquer outra pessoa tivesse intercedido por ela (Mt 8.15).
– Jesus curou o criado de um centurião à distância (Mt 8.6), mas fez questão de ir à casa de Jairo ressuscitar a sua filha (Mt 9.18-26).
– Jesus curou dois cegos e pediu que eles mantivessem o milagre em segredo (Mt 9.27-31), mas curou também curou um paralítico na frente das multidões (Mt 9.1-8).
– Jesus curou 10 leprosos sem tocar em nenhum deles (Lucas 17.11-14), mas precisou tocar o cego de Betsaida duas vezes, para completar sua cura (Mc 8.23-25).
– Jesus usou de palavras doces e animadoras com os discípulos, quando acalmou uma tempestade no mar (Mt 14.27), mas também proferiu duras palavras para uma mulher da Cananéia, para provar a sua fé e humildade, antes de libertar a sua filha das garras dos demônios (Mt 15.21-28).
– Jesus foi muito generoso quando alimentou uma multidão com apenas alguns pães e uns peixinhos (Mt 15.32-39), mas se negou a dar um sinalzinho aos incrédulos, por mínimo que fosse (Mt 16.1-4).

Estes exemplos nos mostram que não há fórmulas secretas, nem rituais ou palavras mágicas que garantem a bênção. Ao contrário, mostram-nos que Deus faz o quer, quando Ele quer e, principalmente, do jeito que Ele quer.

Duas verdades podem ser estabelecidas até aqui:
a) Primeira verdade: O caminho até à benção nem sempre é igual.
b) Segunda verdade: O caminho até à bênção nem sempre é fácil.

E é desta segunda verdade que queremos falar, pois é isso que está ricamente demonstrado neste milagre ocorrido na vida de Ana, mãe de Samuel.

O caminho da bênção

Idéia Central do Sermão:

O CAMINHO ATÉ À BÊNÇÃO NEM SEMPRE É FÁCIL,
MAS SEMPRE VALERÁ A PENA!

O caminho da bênção

Frase de Efeito: O CAMINHO ATÉ À BÊNÇÃO NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS SEMPRE VALERÁ A PENA!

O caminho da bênção

Pergunta de Ligação: – E por que este caminho nem sempre é fácil? E por que sempre valerá a pena? Por causa das inúmeras SURPRESAS que você pode ter nesta viagem.

O caminho da bênção
PRIMEIRA SURPRESA: Deus quer ver se você é PERSEVERANTE (vs 3).
Tema do Meio: Perseverança.
Explicação: Ana ia à Casa do Senhor ano após ano atrás da sua bênção, e sempre voltava de mãos vazias, mas nunca desistiu de adorar a Deus.
Ilustração: a) Um torcedor que realmente ama o seu time não troca de time, mesmo que ele fique 20 anos sem ganhar um título importante.
b) “Cavalo Teimoso”.
Fundamentação: Lucas 18: A parábola da viúva “chata”.
Opinião Contrária: _____________________________________________
Ponto-Cruz: _____________________________________________
Glorificação: _____________________________________________
Aplicação: Às vezes você vê uma pessoa sendo abençoada, aí do seu lado, de repente, e você continua de mãos vazias, então fica se perguntando o que está errado com você, ou fica “questionando” Deus, pensando em desistir de tudo, abandonar a fé.
Apelo do Meio: Pare com isso, apenas persevere, creia que “Quem pede recebe”.

O caminho da bênção
SEGUNDA SURPRESA: Muitas vezes Deus PROVA uma pessoa, antes de abençoá-la.
Tema do Meio: Provação
Explicação: a) Sempre que ia à Casa do Senhor, Ana era humilhada e afrontada pela sua rival, mas não desistia de adorar a Deus (vs 6).
b) Ela estava profundamente triste e infeliz, mas não desistia (vs 7-10).
c) Ao chegar na Casa de Deus, ao invés de encontrar amor e compreensão, encontra um sacerdote carnal que a julga mal e a ofende (vs 14).
Ilustração: Por que os fabricantes de carro destroem tantos carros em intermináveis testes? Para corrigir as falhas de projeto ou das matérias primas utilizadas, e para provar para si, para os governos e para os compradores que os seus veículos são de confiança.
Fundamentação: Dt 13.3.
Opinião Contrária: _____________________________________________
Ponto-Cruz: _____________________________________________
Glorificação: _____________________________________________
Aplicação: Não desista quando acontecem coisas ruins no seu caminho de ida ou de volta, nem se você foi ofendido por irmãos ou mesmo por algum líder, dentro ou fora da igreja. Tudo isso podem ser provas.
Apelo do Meio: Suporte a provação, pois, “Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam” – Tiago 1.12.

O caminho da bênção 
TERCEIRA SURPRESA: Deus espera COMPROMISSO de nossa parte (vs 11).
Nota: Isso não deveria nos surpreender, pois Deus quase sempre quer ver o nível de compromisso de uma pessoa para com Ele, antes de abençoá-la.
Tema do Meio: Compromisso.
Explicação: Ana era estéril, mas prometeu a Deus que se Ele lhe permitisse ter um filho, ela o devolveria ao Senhor. E Deus acreditou nela. E ela cumpriu a sua palavra (vs 26-28). E olha que isso não deve ter sido nada fácil para Ana, pois Samuel era o seu único filho. Como dar ao Senhor um filho tão esperado, tão desejado, tão único?
Ilustração: Você já ouviu falar de mães que “doam” os filhos num momento difícil da vida, depois vão à justiça para tê-los de volta?
Fundamentação: Dt 23.21.
Opinião Contrária: _____________________________________________
Ponto-Cruz: João 3.16: “Deus deu o Seu Filho por nós”.
Glorificação: _____________________________________________
Aplicação: Deus não tem compromisso com quem não tem compromisso com Ele.
Como andam os votos e os compromissos que você fez com o Senhor?
Apelo do Meio: Cumpra os seus votos! Demonstre compromisso!

O caminho da bênção
QUARTA SURPRESA: Deus exige HUMILDADE.
Nota: Isso também não deveria nos surpreender, pois a Palavra de Deus nos ensina que Ele somente abençoa quem é humilde e muitas vezes somos arrogantes, exaltados, portadores de uma falsa humildade (falando “manso”, apenas por interesses próprios).
Tema do Meio: Humildade.
Explicação: a) Ana ajoelhou-se diante de Deus e derramou sua alma perante o Seu altar (vs 12-14), numa atitude de sincera humildade.
b) Quando Eli a ofendeu, ao invés de “meter a boca” no sacerdote ou sair dalí chutando tudo, como muitos fazem,
calma e humildemente, Ana explicou para ele porque estava tão triste e abatida.
Ilustração: O grande general Naamã foi profundamente humilhado pelo profeta Eliseu (o profeta nem o recebeu e mandou ele ir tomar banho).
Fundamentação: Mt 5.3, Mt 23.12.
Opinião Contrária: _____________________________________________
Ponto-Cruz: Filipenses 2.8: “E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.”.
Glorificação: _____________________________________________
Aplicação: O que você faz quando está muito triste? Humilha-se perante o Senhor ou se “revolta”?
Apelo do Meio: Humilhai-vos perante o Senhor! (II Cr 7.14)

O caminho da bênção
QUINTA SURPRESA: Deus exige FÉ VERDADEIRA.
Nota: De igual modo, isso também não deveria nos surpreender, pois Deus sempre exige que a pessoa tenha fé verdadeira e muitas vezes o que nós temos é apenas uma crendice qualquer.
Tema do Meio: Fé.
Explicação: a) Ana creu na bênção proferida pelo sacerdote Eli, mesmo depois do “bola-fora” que ele deu (vs 17).
b) Ana tomou posse da sua bênção e voltou para casa diferente das outras vezes, pois em seu coração ela já estava “grávida”.
Ilustração: _____________________________________________
Fundamentação: II Cr 20.20, Hb 11.6.
Opinião Contrária: _____________________________________________
Ponto-Cruz: _____________________________________________
Glorificação: _____________________________________________
Aplicação: É preciso crer para ver! (Hebreus 11.1)
Apelo do Meio: Seja crente, e não incrédulo!

O caminho da bênção
SEXTA SURPRESA: A ABUNDANTE GRAÇA de Deus sempre nos surpreenderá.
Tema do Meio: Graça abundante.
Explicação: a) Ana teve um filho que, pela abundante graça de Deus, veio a se tornar o grande herói de Israel em sua geração (substituindo os maléficos filhos de Eli no sacerdócio).
b) Mas a bênção não parou por aí, depois do milagre, Ana teve muitos filhos (Cap 2.21), pois a graça de Deus sempre nos surpreende e transforma a nossa vida.
Ilustração: _____________________________________________
Fundamentação: At 4.33, Ef 2.7, Ef 3.20.
Opinião Contrária: _____________________________________________
Ponto-Cruz: _____________________________________________
Glorificação: _____________________________________________
Aplicação: Quando Deus faz, Ele faz completo, grande, maravilhoso, surpreendente.
Apelo do Meio: Deixe Deus surpreender você!

O caminho da bênção
CONCLUSÃO
O caminho até à bênção nem sempre é fácil, mas sempre valerá a pena! Neste caminho você precisará ter PERSEVERANÇA, será PROVADO, terá que demonstrar verdadeiro COMPROMISSO para com Deus, terá que ser HUMILDE e ter muita FÉ em Deus e em seus verdadeiros profetas, mas eu garanto-lhe que a ABUNDANTE GRAÇA de Deus vai surpreendê-lo e transformar a sua vida para sempre.

Deus seja louvado!

O caminho da bênção

Pr Ronaldo Alves Franco

O caminho da bênção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *