Liga pra mim!

LIGA PRA MIM

Jovem advogado, recém formado, monta um escritório e enche-se de esperança para começar a carreira.

Quando quase tudo já está no lugar, logo nas primeiras horas do primeiro dia, entra um homem na sua sala de espera.

Como a porta entre os dois ambientes estava meio aberta, ele resolveu impressionar seu primeiro cliente.

Retirou o telefone do gancho, fingiu discar para alguém e começou a falar em voz alta:
– Sim, senhor, pode ficar tranqüilo… não, não… nunca perdi uma ação.
– Não, senhor, não é demorado. Vamos agilizar o processo. Conheço as pessoas certas.

E, assim, ele continuou por alguns minutos. Enquanto isso, com a mão direita espalmada para frente, fazia sinais ao seu cliente, pedindo-lhe que aguardasse um pouco.

Recolocou o telefone de volta na aparelho, dirigiu-se à recepção e perguntou:
– Em que posso ajudá-lo, meu amigo?
– Sou da companhia telefônica,
respondeu o homem, vim ligar o telefone.


E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? pois o fim delas é a morte.
Romanos 6.21

www.SitedoPastor.com.br


Anedota de autoria desconhecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *