Lenço de papel

LENÇO DE PAPEL

Um pai treinava o filho para ajudá-lo a atender no balcão de sua pequena mercearia, numa pacata cidade do interior.

– Filho, quando alguém pedir uma mercadoria que não temos em estoque, não seja ríspido com a pessoa, como você fez agora há pouco com a D. Maria. Ofereça-lhe alguma outra coisa ou diga-lhe que vamos encomendar.

Horas mais tarde, quando o pai havia saído para ir ao banco, entra um freguês e pede lenço de papel. O garoto, inexperiente, lhe diz:

– Lenço de papel está em falta, freguês, mas temos bombril, palha de aço, vassoura, escovão…

 


Ora, qualquer que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança – Hebreus 5.13

 

Autoria desconhecida.
Colaborador
: Pr João Ferreira da Costa.

2 Comentários em “Lenço de papel”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *