Deixa passar

DEIXA PASSAR

Na navegação antiga, costumava-se amarrar uma corda na ponta externa do vergalhão da vela principal e prendê-la na amurada do navio. Porém, em dias de vento forte, um marinheiro ficava encarregado de esticar ou afrouxar a vela, conforme a força do vento.

Se ele mantivesse a vela frouxa, perdia-se velocidade. Por outro lado, se ele mantivesse a vela esticada demais, o vento podia rasgá-la ou, até mesmo, fazer o barco capotar.

Este ato de afrouxar a vela era chamado de PERDÃO. O capitão gritava com ele: “Perdoa!”. Isto é, deixa o vento passar.

Perdoar é isso, DEIXAR PASSAR!

 


Se alguém tiver queixa contra outro,
assim como Cristo vos perdoou,
assim fazei vós também.

Colossenses 3.13

www.SitedoPastor.com.br

 

Autor: Pr Ronaldo Alves Franco
Extraido do livro “Chave Lingüística do Novo Testamento Grego”, Edições Vida Nova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *