Corpo de Cristo

corpo de Cristo

CORPO DE CRISTO

A IGREJA É UMA DAS MAIORES OBRAS-PRIMAS DE DEUS
I Coríntios 12.12-27

Corpo de Cristo

Ficha do Livro
Para quem foi escrito este livro? Para os cristãos de Corinto, capital da Acaia.
Em qual momento foi escrito? Por volta do ano 55.
Por quê foi escrito? Porque a igreja de Corinto dividiu-se em dois grupos: um que defendia que a associação do cristão com os pecadores era permissível e necessária (despencando para uma extrema frouxidão moral) e o outro que defendia que um certo isolamento era essencial para preservar a santidade (despencando para um ascetismo doentio), julgando-se um mais inteligente ou espiritual que o outro, ameaçando o futuro daquela congregação.
Para quê foi escrito? Paulo escreveu para tratar dos problemas daquela igreja (desafio à sua autoridade apostólica, orgulho sobre a espiritualidade pessoal e falta de amor); para repreendê-los por deixar a situação chegar ao ponto em que chegou; e, para instruí-los doutrinariamente.

Tempo do relato bíblico: Tempo dos Apóstolos.
Assunto principal do texto em questão: A unidade orgânica da Igreja.

FICHA DO SERMÃO
Propósito Geral: Doutrinário.
Propósito Específico: Ao final deste sermão o ouvinte deverá saber citar os traços distintivos da Igreja, bem como apreciar e desejar preservar a unidade orgânica de sua igreja local.
Quebra-gelo:
(Após o Quebra-Gelo faça a leitura do texto)
Gancho:

Afirmação Teológica: Este texto bíblico contém diversas verdades; hoje vamos destacar apenas esta: A Igreja é uma das maiores obras-primas de Deus. Cada cristão genuíno é parte desta obra-prima:

Frase de Efeito: VÓS SOIS O CORPO DE CRISTO!

– Por que a Igreja pode ser classificada como uma das maiores obras-primas de Deus?
– Porque Ele mesmo, com mãos de mestre, “desenhou” a Igreja com traços perfeitos e maravilhosos:

1. A IGREJA CRISTÃ É GENUINAMENTE UMA UNIDADE NA DIVERSIDADE – vs 12, 14, 17, 19, 20.
Nota: Em qualquer outro lugar, a DIVERSIDADE é motivo de ADVERSIDADE. Na Igreja, no entanto, a diversidade (em unidade) é uma benção celestial, pois, tal como num corpo físico, os membros acabam se especializando em suas funções.

Fundamentação: João 17.20-23.
Ilustração:
Ponto-Cruz: Foi na cruz que a unidade na diversidade foi estabelecida – Ef 2.16.
Aplicação: É nosso dever tanto apreciar quanto defender a diversidade na igreja. Devemos rechaçar qualquer tentativa de quebrar este seu traço.
Frase de Efeito: VÓS SOIS O CORPO DE CRISTO!
Apelo: Irmão, não queira padronizar ou uniformizar os membros de sua igreja. Respeite suas diferenças. Longe de ser um problema, esta diversidade é a sua riqueza. Foi Deus quem a fez assim. Aceite, respeite e defenda de todo o seu coração este maravilhoso Traço da igreja!

2. A IGREJA TODA É BATIZADA EM E BÉBE DE UM SÓ ESPÍRITO – vs 13.
a) O batismo em um só Espírito Santo – Não se trata aqui do batismo que infunde poder, aludido em Atos 2.4, nem do “batismo espiritual” aludido em Romanos 6.3, o qual fala da identificação espiritual com Cristo em sua morte e ressurreição. Nem do batismo em água.
Antes, é o poder do Espírito Santo, o qual une todos os homens, sem importar sua raça, escolaridade, extrato social ou estado anterior. Este poder os transforma e une, fazendo deles uma só entidade espiritual pela imersão, que neste contexto é sinônimo de saturação.
b) O beber de um só Espírito Santo – trata de estarmos cheios de algo que satisfaz a nossa sede espiritual (interior), trata de “apropriação” e “nutrição”, trata da Ceia do Senhor e, finalmente, trata da comunhão dos crentes.

Fundamentação: Espírito Santo: João 14.26; 16.13 – Plenitude: Sl 23.5b; João 3.34.
Ilustração:
Ponto-Cruz: Jesus concedeu seu perdão aos homens na cruz – Lucas 23.34.
Aplicação: Bebamos e deixemos seu poder nos transformar! Somente cristãos “encharcados” e “bêbados” do Espírito estão no centro da vontade de Deus.
Frase de Efeito: VÓS SOIS O CORPO DE CRISTO!
Apelo: Entenda esta maravilha e abra seu coração. Deixe o poder do Espírito Santo inundar seu interior e transformá-lo, e beba somente d´Ele.

Corpo de Cristo

3. A IGREJA CRISTÃ É UM ORGANISMO VIVO – vs 15, 16, 18, 21.
OPOSIÇÃO: Alguém pode dizer: Uma empresa também é um organismo vivo.
DEFESA: Não! As demais instituições (com exceção da família) são uma espécie de máquina fria, sem afeto, sem amor: se uma das suas partes desgasta, quebra ou apresenta defeito, logo é descartada (e esquecida) e substituída por outra. Não são assim os organismos vivos, que preservam seus membros a todo custo.
BOA SEMENTE: Atos 12.5; João 13.35; Romanos 12.10.
a) A igreja tem sentido e consciência de corpo – vs 21 a 27.
b) Os membros de uma igreja estão fortemente ligados (como num corpo físico) – vs 15, 16, 18 e 21.

Fundamentação: João, 6.63; I Pedro 2.5.
Ilustração:
Aplicação: Devemos ser membros saudáveis e ativos e cuidar uns dos outros (De nada adianta a uma igreja ter um pastor sério, competente, ativo, se os demais membros não cumprem a sua função. Torna-se semelhante àquele corpo que está doente porque a vesícula ou o intestino é “preguiçoso”).
Frase de Efeito: VÓS SOIS O CORPO DE CRISTO!
Apelo: Irmãos, façamos nossa parte e cuidemos uns dos outros, para que todos se sintam bem e felizes num corpo sadio, em honra Àquele que assim nos fez.

Corpo de Cristo

CONCLUSÃO
Devido a estes Traços únicos e maravilhosos, “Ser uma unidade na diversidade”, “Ser batizada EM e beber DE um só Espírito” e “Ser um organismo vivo”, a Igreja, sem dívida alguma, é uma das maiores obras-primas de Deus.

APELO FINAL: Vamos honrar o nosso Deus, amando e respeitando uma das suas maiores obras-primas, a igreja; respeitando sua diversidade, deixando o poder do Espírito Santo nos transformar e preservando a unidade orgânica da nossa igreja local.

Corpo de Cristo

Autor: Pr Ronaldo Alves Franco. 13.02.2007.