Casamento e Aliança

Casamento e Aliança

CASAMENTO E ALIANÇA

Casamento e Aliança

O marido, chateado: — Querida, por que você está usando a aliança no dedo errado?
A mulher, chateada: — Porque me casei com o homem errado.

Duas mocinhas estavam conversando: “Acabei tudo com o Roberto”. “É mesmo! Por quê?” “Ah! ele tinha uma porção de defeitos.” “E você devolveu a aliança de noivado?” “Não, a aliança não tinha defeito algum”.

Victor Frankl foi um dos judeus que os nazistas colocaram no campo de concentração de Dachau. Ele disse que, enquanto esteve no campo, os guardas lhe tiraram tudo. Tiraram sua identidade. Tiraram sua esposa. Tiraram sua família. Tiraram suas roupas. Tiraram até sua aliança de casamento. Mas havia uma coisa que ninguém podia tirar dele. Ele escreveu: “Resta a liberdade do ser humano de escolher que atitude tomar em dadas circunstâncias”. Os guardas não podiam tirar de Frankl a liberdade de escolher que atitudes tomar. (Rick Warren, em “Poder Para Ser Vitorioso”, pg 36 – Ed Vida).

A mesa e a refeição, na tradição bíblica e cultural do Oriente Médio, são fundamentais no estabelecimento de um acordo, pacto ou aliança. Jesus se assenta à mesa como um pai de família cercado de seus familiares. Essa família, constituída por Jesus, vem substituir as famílias que Jesus e seus discípulos deixaram (Mc 10.29). A esses seguidores Jesus se refere como seus familiares (Mt 10.25). As senhoras são sua mãe e os homens e os jovens seus irmãos e irmãs (Mc 3.24). Ao mesmo tempo Jesus se refere a todos como suas crianças (Mt 11.25). Essa é a nova família de Deus.

Os pactos eram costumeiros entre os povos primitivos e o são de certa forma até hoje. Existem diversos tipos de pactos. Os pactos que Deus fizera com os homens, eram de um soberano e seus súditos. Porém, todos foram quebrados pelos homens, mas Deus em sua infinita misericórdia, sempre esteve tentando nos resgatar. Era comum os reis fazerem pactos de sangue, deixando marcas nos braços dos pactuantes. Em guerra, a nação que levantasse o seu braço mostrando os vários pactos feitos contra nações, afugentava o adversário.

A Aliança de Casamento – Aliança significa compromisso, pacto, união. Na Sagrada Escritura, o relacionamento de Deus com os homens aparece repetidamente em termos de aliança do latim foedus, também conhecido como bérith em hebraico e diathéke em grego. Acredita-se que uso de alianças no terceiro dedo da mão esquerda no casamento servia para selar o matrimônio e vem da tradição cristã, do século XI, em que acreditava-se que nesse dedo havia uma veia que ia direto ao coração. Hoje sabe-se que isso não é correto. Mas valeu a idéia e também o aviso para os outros homens e para as outras mulheres, de que os que usam a aliança, eles já não estão disponíveis.

Para se ter ideia da importância de uma aliança com Deus, basta notar que a Bíblia é dividida em duas grandes alianças: a antiga e a nova.

Casamento e Aliança


Fonte: www.guiadecasamento.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *