Arrebatai-os do fogo

Arrebatai-os do fogoARREBATAI-OS DO FOGO

“Tenham misericórdia dos que têm dúvidas; e salvem os perdidos, arrebatando-os do fogo, com temor, odiando até as roupas deles, manchadas pelos seus desejos pecaminosos.” (Judas, versos 22 e 23, parafraseados)

Contexto histórico: Desde muito cedo a igreja cristã foi atacada por diversos grupos que tentavam distorcer, corromper ou invalidar seus ensinamentos e doutrinas. Dentre estes grupos estavam os gnósticos, seita que ensinava que o “conhecimento elevado” (a gnósis) era a salvação, e que este “conhecimento elevado” era acessível somente a uns poucos “iluminados”. Essa falsa doutrina desqualificava Jesus como o nosso único e suficiente salvador e o seu sacrifício lá na cruz do calvário para salvar a humanidade por meio do seu sangue, não por obras ou por méritos humanos, mas “pela graça, por meio da fé” (Efésios 2.8-9).

Em razão de que alguns irmãos da igreja primitiva começaram a dar ouvidos a estas heresias e, consequentemente, passaram a nutrir dúvidas quanto às verdades bíblicas, o autor deste livro bíblico (Judas), inspirado pelo Espírito Santo, recomenda duas atitudes, uma interna e outra, externa:
a) Tenham misericórdia dos irmãos, arrebatando-os do fogo das dúvidas que arde em seus corações;
b) E salvem os perdidos, arrebatando-os do fogo do inferno, que os aguarda, caso a graça de Deus não os alcance.

Em outras palavras, devemos ser missionários tanto para com os irmãos que já estão dentro da igreja quanto para com os de fora. — Mas, com quais CRITÉRIOS devemos trabalhar para sermos missionários bem sucedidos?

.

Primeiro Critério: MISERICÓRDIA (“Tenham misericórdia dos que têm dúvidas”)
O dicionário define Misericórdia como sendo um “Sentimento de dor e solidariedade com relação a alguém que sofre uma tragédia pessoal ou que caiu em desgraça; dó, compaixão, piedade. Um ato concreto de manifestação desse sentimento, como o perdão; indulgência, graça, clemência”.

Misericórdia é a soma de duas palavras: MISERIS + CORDIA, ou seja, ser misericordioso é ser cordial (cordia) com a miséria (miseris) do outro. Se queremos ser missionários, dentro ou fora da igreja, temos que ter misericórdia para com o outro. Não atacá-lo, não condená-lo, não esquecê-lo, mas, ao invés disso, ter “um ato concreto de manifestação desse sentimento”: indulgência, graça, amor.


Segundo Critério: DETERMINAÇÃO (“E salvem os perdidos, arrebatando-os do fogo”)

É preciso ter muita determinação para arrebatar alguém do fogo. Certamente também iremos ficar chamuscados ou até mesmo queimados. Não basta dizer que tem amor, que tem compaixão, que tem misericórdia para com os irmãos ou para com os perdidos. É preciso ir além. É preciso ter a firme determinação de salvá-los de suas dúvidas (quanto aos irmãos) e do fogo eterno (quanto aos perdidos que precisam ser salvos).

É preciso, sim, ter o sentimento de de misericórdia, só o sentimento não fará a obra missionária, é preciso agir com determinação.


Terceiro Critério: TEMOR (“Arrebatando-os do fogo, com temor”)

Há aqui uma advertência muita importante: TEMOR. Já ouvimos histórias demais de pessoas que foram ajudar o próximo e acabaram se destruindo nesta determinação. Muitas vezes o sentimento é forte demais e as pessoas perdem o bom senso.

O critério bíblico que nos ajuda a manter o equilíbrio entre o sentimento e a ação, é o TEMOR. Temor de Deus, temor das consequências, temor de cair nos mesmos erros e pecados daqueles que estamos tentando salvar de suas dúvidas ou de seus caminhos pecaminosos.

Lembre-se que os Socorristas, ao prestar socorro às vítimas, são aconselhados a usar DOIS PARES DE LUVA. Essa é uma metáfora muito importante para nós. Devemos, sim, socorrer os que têm dúvidas e tentar salvar os perdidos, mas com muito cuidado, com muito temor, “com dois pares de luva”.

E o melhor jeito de ter temor é “odiando até as roupas deles, manchadas pelos seus desejos pecaminosos”. É a velha e boa frase: AME O PECADOR, ODEIE O PECADO.

Que o bom Deus use estas palavras para direcionar a sua missão.

Título: Arrebatai-os do fogo
Autor: Pr Ronaldo Franco
Data: 14/05/2017

Arrebatai-os do fogo, site do pastor, Arrebatai-os do fogo, esboço do site do pastor, Arrebatai-os do fogo, fonte da figura

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *