Alegrei-me quando me disseram

alegrei-me quando me disseram

Alegrei-me quando me disseram

Salmos 122

Algumas pessoas vão à igreja em busca de bênção.
Algumas pessoas vão à igreja por mero costume.
Algumas pessoas vão à igreja para rever os amigos.
Algumas pessoas vão à igreja por que se sentem bem.

Tudo isso é bom e aceitável, no entanto, o Salmo 122 nos apresenta outros MOTIVOS pelos quais o nosso coração deve ansiar e se alegrar em ir à Casa do Senhor.

1. ESPERANÇA
“Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor. Pararam os nossos pés junto às tuas portas, ó Jerusalém!” (vs 1 e 2).

A esperança do salmista era tão grande que o deixava “na ponta dos pés”. É extremamente saudável e importante para quem vai à Casa do Senhor ter essa expectativa, pois elas nos deixam atentos a tudo e o nosso coração fica mais aberto aos ensinamentos da Palavra do Senhor. Tudo fica mais empolgante e mais agradável.

No Salmo 84 o salmista admite invejar os pássaros que moram na presença do Senhor: “Minha alma desfalecida se consome suspirando pelos átrios do Senhor. Meu coração e minha carne exultam pelo Deus vivo. Até o pássaro encontra um abrigo, e a andorinha faz um ninho para pôr seus filhos. Ah, vossos altares, Senhor dos exércitos, meu rei e meu Deus! Felizes os que habitam em vossa casa, Senhor: aí eles vos louvam para sempre” (vs 2 a 4).

2. PROTEÇÃO
“Jerusalém, que estás construída como cidade compacta, para onde sobem as tribos, as tribos do Senhor, como convém a Israel…”

Jerusalém é uma cidade cercada de muros altos, que oferecem proteção aos que nela habitam. Ao entrarem nesta cidade compacta, os viajantes, depois de atravessar “os vales da sombra da morte”, sentiam-se seguros.

3. GRATIDÃO
“… para renderem graças ao nome do Senhor” (vs 3 e 4).

Não há nada de errado em ir à Casa do Senhor buscar bênção, mas não podemos nos esquecer de agradecer, de render graças ao nome do Senhor, de demonstrar a nossa gratidão, não apenas com palavras, mas com ações de graça.

4. JUSTIÇA DIVINA
“Lá estão os tronos de justiça, os tronos da casa de Davi” (vs 5).

O ser humano anseia por justiça, mas a sociedade nunca satisfez esta sua ansiedade. Não há justiça neste mundo. Somente diante de Deus o homem sacia sua fome de justiça.

5. INTERCESSÃO
“Orai pela paz de Jerusalém! Sejam prósperos os que te amam. Reine paz dentro de teus muros e prosperidade nos teus palácios. Por amor dos meus irmãos e amigos, eu peço: haja paz em ti!” (vs 6 a 8).

Assim como os judeus intercediam por Jerusalém, nós, os brasileiros, devemos interceder por Brasília, para que haja paz e prosperidade dentro dos “muros” do Brasil. A Bíblia é muito enfática neste ponto: Devemos interceder pelos nossos governantes. 

Protestar quando preciso, reclamar quando for o caso, fiscalizar sempre! Mas, jamais deixar de interceder pelo nossos país, por amor “dos meus irmãos e amigos”.

6. MINISTÉRIO PESSOAL
“Por amor da Casa do Senhor, nosso Deus, buscarei o teu bem” (vs 9).

Por fim, devemos ir à Casa do Senhor dispostos a por a mão na massa, pois, como diz o provérbio: “De boas intenções está cheio o inferno”. Devemos ser praticantes e não somente ouvintes da Palavra. Devemos buscar o bem da Casa do Senhor. Devemos nos envolver por amor.

CONCLUSÃO
Pode ser muito rica a experiência de ir à presença do Senhor, aproveite:
1. ESPERANÇA
2. PROTEÇÃO
3. GRATIDÃO
4. JUSTIÇA DIVINA
5. INTERCESSÃO
6. MINISTÉRIO PESSOAL

Por isso, sempre podermos dizer: “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor”.

Título: Alegrei-me quando me disseram
Autor: Pr Ronaldo Franco

separador

Alegrei-me quando me disseram

6 Comentários em “Alegrei-me quando me disseram”

  1. fmaria

    Graça e Paz, amados do Deus Vivo.
    Simplesmente linda essa mensagem e edificante tambem, Que Deus use o irmão sempre para sua glória. Amém!

  2. José Fabio Melo de Oliveira

    Excelente esboço. Uma forma diferenciada,mais muito educativa de crescer espiritualmente. Gostei muito da forma si9mples e direta como o assunto foi abordado e como fpoi dividido os textos para atingir o expectador. Parabéns ao autor do esboço e que Deus continue abençoando a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *